Cantagalo

Rio de Janeiro

 
18/07/2016 12h49, atualizado em 18/07/2016 13h52 18/07/2016 12h49 Cantagalo - RJ

Curso de química industrial forma mais 26 profissionais para o mercado de trabalho

Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Cantagalo (RJ)

Foto: Gilmar Marques Terceira turma do curso recebeu o diploma em solenidade realizada no último sábado, 16 de julho. Foto: Gilmar Marques Terceira turma do curso recebeu o diploma em solenidade realizada no último sábado, 16 de julho

Cantagalo (RJ) – Noite de emoções, de conquistas, de certeza do dever cumprido e de um sentimento de muitos desafios pela frente. Assim foi a solenidade de formatura da terceira turma do curso de técnico em química industrial, realizada sábado passado, 16 de julho, no auditório da Escola Municipal Maria Bellieni D’Olival, no bairro Santo Antônio, em Cantagalo, onde também foi realizado o curso. Os estudantes aproveitaram a oportunidade oferecida de forma gratuita através de uma parceria entre a Secretaria de Educação de Cantagalo e a Lafarge e se dedicaram ao máximo às aulas e aos estágios. Os cursistas foram conseguiram a oportunidade após um disputado processo seletivo, que contou com prova escrita, de caráter eliminatório. Dos 38 alunos que formaram a turma inicial, em fevereiro de 2015, após 18 meses de muito estudo e trabalho, 26 chegaram ao final, passando por todas as difíceis fases do curso, marcado pela qualidade e pela excelência. A última fase, antes da formatura, foi realizada no último dia 11 de julho, com a apresentação dos trabalhos finais. Na ocasião, os alunos tiveram os trabalhos avaliados por uma banca de examinadores, formada por técnicos, engenheiros químicos e farmocólogos de diversas empresas e laboratórios da região. A turma, dividida em grupos, foi responsável pela apresentação de seis trabalhos que impressionaram a banca examinadora, que aprovou a turma com louvor, apostando que os novos técnicos têm plena capacidade de enfrentar o competitivo mercado de trabalho. Os seis trabalhos foram: ‘Indicador de formaldeído em produtos capilares’, que serve como uma espécie de reagente que comprova a existência de formol em produtos utilizados, por exemplo, em salões de beleza; ‘Indicador natural de decomposição dos produtos cárneos’, outro espécie de reagente, desenvolvido a partir do repolho roxo, que mostra se as carnes já estão em processo de decomposição, evitando a aquisição desses produtos; ‘Cola biodegradável a partir da proteína do leite, a caseína’, servindo tanto em papel quanto em madeira; ‘Extração da prata de filmes de raio-x’; ‘Tinta orgânica para marcador de quadro branco feita a partir de corante de urucum’; e ‘Aguardente de banana’, com utilização da banana prata. Um resumo dos trabalhos, em forma de banner, também foi exposto no local para análise do público. Com reconhecimento do Conselho Federal de Química (CFQ) e registro no Conselho Regional de Química (CRQ) da 3ª Região (Rio de Janeiro e Espírito Santo), o curso garante aos profissionais diploma com reconhecimento no mercado de trabalho. Os alunos poderão, agora, receber atribuições profissionais correspondentes e protocolarem pedidos de registros profissionais junto ao CRQ. Durante a cerimônia, os 26 formandos receberam certificados simbólicos, mas os diplomas oficiais virão em seguida. A cerimônia contou com participação à mesa principal da coordenadora geral do curso, Angélica Braga; da secretária municipal de Educação, Fernanda Torres, que representou o prefeito Saulo Gouvêa; e da diretora da Escola Municipal Maria Bellieni D’Olival, Karla Pietrani. Os formandos foram homenageados de várias formas: discursos, muitas palavras de incentivo, mensagens e a presença de grande público, com destaque para seus familiares e amigos. Em vários momentos, a emoção tomou conta de todos, numa cerimônia que foi organizada não só pela coordenação, mas pelos próprios alunos, que também prestaram várias homenagens a professores, à coordenação do curso e aos funcionários da Escola Municipal Maria Bellieni D’Olival. Todos foram unânimes em destacar o pioneirismo, a importância do curso, os desafios dos formandos, mas, também, em incentivar os novos profissionais. A secretária de Educação, Fernanda Torres, destacou a parceria e a vontade política de fazer do curso uma janela de oportunidades para os jovens que desejem se garantir no mercado de trabalho. “Vocês, agora, estão preparados e poderão conquistar um importante espaço lá fora”, disse. Coordenadora geral do curso, Angélica Braga foi só emoção o tempo todo. “A partir de agora é que tudo começa para vocês. Mas o importante é que vocês são águia, que poderão voar alto, muito alto, ter uma visão muito mais ampla e conquistar o mundo lá fora. Voem e sejam felizes”, incentivou. Na parceria para a realização do curso, a Prefeitura de Cantagalo participa com a cessão do local das aulas, garantindo ainda o corpo docente, com contratação temporária de professores para as aulas práticas e técnicas, além de profissionais para as aulas das disciplinas básicas, no modo teórico, como língua portuguesa, matemática, química, entre outras. Já a Lafarge entra com a estrutura técnica, oferecendo a instrumentação do laboratório para a instalação da parte técnica do curso. A duração é de cerca de 18 meses, ou seja, pouco mais de 1,4 mil horas/aula. Os formandos da terceira turma (conclusão em 2016) 01 – Amanda da Conceição de Almeida Teixeira; 02 – Felipe Falcão Noronha; 03 – Nathália Honorato Estanislau da Silva; 04 – Dhayanna Ferreira Faria; 05 – Taísa Araújo do Couto; 06 – Thainá da Silva Gomes; 07 – Thayná Fernandes de Souza; 08 – André de Araújo Pereira; 09 – Emmanuel de Mattos Macedo; 10 – Matheus Fernandes Rodrigues; 11 – Patrick Santos Silva; 12 – Rafael Fernandes Favário de Carvalho; 13 – Vitor Lopes Braga Ayres Gargiullo; 14 – Almir Rogério Verlinger Couto; 15 – Jennifer Lima Barbosa Soares; 16 – Quércio Henrique de Sá Bard; 17 – Yasmin Torres de Paula; 18 – Ábner Henrique Guimarães Rodrigues; 19 – Ana Beatriz Montechiari Silva; 20 – Marcelle Santos da Fonseca e Silva; 21 – Thamiris Braga Chermout Robadey; 22 – Weyglison Ramos dos Santos; 23 – Eduardo Ribeiro Garcia; 24 – Jessica Torres da Silva Barbosa; 25 – Lucas Bonan Pacheco; 26 – Samara do Nascimento Conceição. Redação/Fotos: Gilmar Marques

 Compartilhar no Whatsapp


Álbum de fotos
Utilize as setas para passar as fotos Utilize os dedos para passar as fotos

Município de Cantagalo

De acordo com o censo realizado em 2010 pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o município de Cantagalo, Rio de Janeiro, possuia 19.830 habitantes. A densidade demográfica (habitantes por km²) era de 26.47 e a área total do município era de 749.278 km². Quem nasce em Cantagalo é chamado de cantagalense.
 

Assine nossa newsletter

Receba nossas notícias por e-mail

Você mora em Cantagalo e se preocupa com a qualidade e investimentos na Saúde, Educação, Segurança e outras áreas importantes em seu município?

Saiba como participar

Brasão Oficial

Cantagalo está localizado no estado do Rio de Janeiro. Bandeira do Rio de Janeiro Bandeira do Rio de Janeiro

AVALIAÇÃO

O resultado abaixo é baseado na opinião dos internautas em relação às principais secretarias no município de Cantagalo
EDUCAÇÃO
MÉDIA 6,6
SAÚDE
MÉDIA 7,2
ESPORTE, CULTURA E LAZER
MÉDIA 5,4
OBRAS E INFRA-ESTRUTURA
MÉDIA 5,2
CLASSIFICAÇÃO GERAL
MÉDIA 6,2

Dê sua opinião

 


© Copyright 2015-2019 Prefeitura em Pauta.
Todo conteúdo deste site pode ser reproduzido, desde que citada a fonte.

LOGIN DO USUÁRIO

Buscar cidade