Abaetetuba

Pará

 

História de Abaetetuba - PA

Há divergência quanto às primeiras incursões no território. Segundo a tradição, a primeira penetração no território de Abaetetuba foi feita por Francisco de Azevedo Monteiro quando, em 1745, ali aportou com toda sua família, ao fugir de um temporal.

Porém, segundo Palma Muniz, a fundação de Abaeté ocorreu em 1750 e as primeiras incursões foram feitas pelos antigos frades capuchos que fundaram o Convento da Una, seguindo-os, mais tarde, os Jesuítas, exploradores do rio Uraenga ou Ararenga.

Inicialmente, esse município chamava-se Abaeté, topônimo indígena que significa homem forte e valente. Entretanto, por força da legislação federal que proibia a duplicidade de topônimos de Cidades e Vilas brasileiras e por haver outra cidade brasileira com esse nome, em 1944, Abaeté, PA, teve o nome alterado para Abaetetuba, nome de origem tupi que significa lugar de homem ilustre.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Abaeté, em 1750, subordinado ao município de Belém.

Pela Lei n.º 118, de 11-09-1844, o distrito de Abaeté passou a pertencer ao município de Igarapé-Miri.

Pela Lei n.º 885, de 16-04-1877, o distrito de Abaeté volta a pertencer ao município de Belém.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Abaeté, pela Lei Provincial n.º 973, de 23-03-1880, desmembrado de Belém. Sede na antiga vila de Abaeté. Instalado em 25-03-1883.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Abaeté, pela Lei Estadual n.º 334, de 06-07-1895.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de I-IX-1920, o município é constituído de 4 distritos: Abaeté, Beja, Tucumanduba e Urubueua.

Pelo Decreto n.º 6, de 04-11-1930, o município de Abaeté é extinto, sendo seu território anexado ao município de Igarapé-Miri.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, Abaeté figura com distrito do município de Igarapé-Miri.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Abaeté, pela Lei Estadual n.º 8, de 31-10-1935.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 7 distritos: Abaeté, Arapapu, Beja, Maúba, Maracapu, Tucunduba, Urubueua.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 2.972, de 31-03-1938, são extintos os distritos Arapapu, Maúba, Maracapu, Tucunduba e Urubueua e anexados ao distrito sede do município Abaeté.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Abaeté e Beja.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 4.505, de 30-12-1943, o município de Abaeté passou a denominar-se Abaetetuba.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 2 distritos: Abaetetuba e Beja.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Abaetetuba e Beja.

Pela Lei Estadual n.º 1.127, de 11-03-1955, foram criados os distritos de Colônia João Miranda e Urubueua e anexados ao município de Abaetetuba.

Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Abaetetuba, Beja, Colônia Miranda e Urubueua.

Pelo Acórdão do Superior Tribunal Federal de 04-10-1955, foi anulada a criação dos distritos de Colônia Miranda e Urubueua. Sendo seus territórios anexados ao distrito sede do município de Abaetetuba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Abaetetuba e Beja.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Voltar

 

O que a prefeitura faz, a gente mostra aqui!

 


© Copyright 2015-2019 Prefeitura em Pauta.
Todo conteúdo deste site pode ser reproduzido, desde que citada a fonte.

LOGIN DO USUÁRIO

Buscar cidade